Rosas – Curiosidades sobre as espécies de rosas

O nome “Rosa” é de origem latina e da raiz grega “Rhodon”. São uma das espécies de flores cultivadas há mais tempo pela humanidade e existem relatos de seu cultivo datando de mais de 5. 000 anos. Se considerarmos sua forma selvagem, a rosa é ainda mais antiga e há registros fósseis datados de mais de trinta e cinco milhões de anos. Após a queda do Império Romano, inúmeras variedades de rosas foram perdidas para sempre, porque eram consideradas “heréticas”. O cultivo das rosas só tomou novo impulso após as invasões mouras do século VII e as variedades foram aumentando conforme avançavam os invasores da Índia até a Espanha. Eram muito cultivadas em mosteiros na Idade Média por monges botânicos especialistas em suas propriedades medicinais. Existem hoje mais de 6. 800 variedades de rosas diferentes.

As rosas vermelhas têm aplicações nas afecções da garganta e da boca; na atonia digestiva e na diarréia. As rosas brancas são usadas para prisão de ventre em crianças e nas inflamações oculares em infusões das folhas e pétalas.

As rosas são ligadas ao amor desde que foram retratadas na mitologia grega em uma passagem em que Afrodite, a deusa da beleza, presenteava Eros, o deus do amor, com uma rosa. Por sua vez, Eros de a rosa para o deus do silêncio, Harpócrates, como forma de comprar o seu silêncio em relação às escapulidas amorosas da mãe. Com esse mesmo espírito, uma rosa era pendurada no teto de toda sala onde reuniões secretas e assuntos sigilosos eram tratados na Idade Média, como forma de mostrar o compromisso de todos os presentes com a discrição e como segredo absoluto.

Os romanos enfeitavam os túmulos com rosas para evitar que os espíritos dos mortos vagassem irritados pela terra. Romanos de posse deixavam verdadeiras fortunas em rosas para serem usadas em seus funerais. Nero fazia chover pétalas de rosas sobre seus convidados a cada banquete.

Uma lenda romana conta que a deusa Diana transformou Rodanthe uma linda mulher em uma rosa, após seus pretendentes invadirem sua casa, ansiosos por desposá-la. Os espinhos da rosa são esses mesmos pretendentes congelados para sempre pela deusa em sua fúria.

Vamos mostrar alguns tipos de rosas e suas curiosidades.

Rosa Virginiana – É conhecida também como rosa lúcida. Chega a 1,5 m de altura e assume uma forma arredondada. É cultivada por seus belos tons outonais e por seus frutos.

Rosa Rugosa – Originária da Coréia, China e Japão é uma planta baixa e arredondada com flores nas cores branca ou rosa púrpura. Algumas variedades têm perfume marcante e flores dobradas. É uma das mais antigas espécies de rosas cultivadas pelo ser humano. Muito encontrada em seu estado natural a China, Japão, Coréia e Sibéria.

Rosa Pimpinellifolia – Famosas pela extrema resistência e folhagem atrativa essa espécie produz flores rosas, vermelhas, amarelas e brancas. Nativa da Europa Ocidental e do Noroeste da África.

Rosa Gallica – Com flores grandes em um tom vermelho vivo, nativa da Europa e da Ásia, cultivado como ornamental e como medicinal. Também é conhecida pelos nomes de rosa-francesa, rosa-vermelha, roseira-francesa, rosa dos boticários e roseira-rubra. Pode chegar a 2 m de altura. Foi a primeira variedade cultivada em jardins

{link}

Resultados patrocinados para: Negócios

Você pode gostar...

5 Resultados

  1. maio 19, 2010
  2. maio 19, 2010

    Rosas – Curiosidades Sobre As Esp: O nome “Rosa” é de origem latina e da raiz grega “Rhodon”. São uma das espécie… https://bit.ly/dm5YC3

  3. maio 19, 2010

    […] This post was mentioned on Twitter by MARIA GORETH VALENTI, MARIA GORETH VALENTI. MARIA GORETH VALENTI said: https://www.bons-negocios.blogam.info/rosas-curiosidades-sobre-as-especies-de-rosas […]

  4. maio 19, 2010
  5. maio 20, 2010

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *