O que vender na Internet

O crescimento fenomenal do comércio eletrônico atrai, a cada dia, mais e mais pessoas com o sonho de começar um negócio on-line. A questão que incomoda a muitos e os impede de realizar seu sonho é:  O que vender na Internet?

1. O que vender na Internet

Se você passou algum tempo na internet tentando descobrir qual o produto ou serviço que você deve optar por vender on-line, deve ter notado que as pessoas estão vendendo todo tipo de produto ou serviço através da Internet. Ao contrário da crença popular, até mesmo artigos comuns do dia a dia também são vendidos no comércio eletrônico, e muito bem. Mas, no entanto, não é muito fácil para um novato.

Se você está tendo dificuldade em encontrar um bom produto tangível para o mercado na internet, ou com medo de gerir todas as dificuldades de transporte e manuseio, então talvez você possa considerar seriamente a venda on-line de informações. O que acha? A maioria das pessoas que navega na Internet busca de algum tipo de informação.

Pesquisa realizada pela Nielsen Media Research, mostrou que livros, resultados de pesquisas, dados tabulados, consultorias e análises são os produtos mais procurados na rede, ou seja: a informação é a mercadoria mais vendida na internet, em comparação com outras categorias. Isso deixa claro que informação é um produto natural para venda na Internet.  A venda de informações on-line pode ser feita através de e-books, artigos, relatórios, dados, documentos, etc.

Se você tem experiência em qualquer área específica, considere vender suas idéias em um dos formatos mencionados. Confira o site Clickbank, a fim de obter uma boa idéia do que as pessoas estão vendendo, você ficará verdadeiramente espantado com o escopo de idéias! Embora a informação seja o mais procurado produto na Internet, não significa que seja fácil vendê-la; primeiro: há toneladas de informações disponíveis na Internet, e a segunda questão é que as pessoas não estão muito dispostas a pagar por elas.

Esta é a razão pela qual você tem que ter muito cuidado na escolha do produto a ser vendido. As pessoas irão comprar seu produto de informação, se ele:

• For um conhecimento especial, que elas anseiam;
• Fizer com que suas vidas fiquem mais fáceis, ou seja, se ele economizar tempo e;
• Se ele for capaz de ensinar-lhes algum assunto que gostariam de aprender melhor.

 

2. Quais são os produtos que se enquadram nestas categorias?

 

Especialistas aconselham dicas e idéias em um campo de nicho: Dicas de musculação, segredos sobre dietas para emagrecer, dicas de namoro, segredos sobre ações na bolsa de valores, e novas idéias de marketing na internet (E-marketing) são exemplos dessa categoria.

Previsões de tendências: As empresas gastam fortunas para ter uma melhor compreensão de certas tendências específicas, se você tem experiência suficiente para prever uma possível tendência em um campo específico, ou seja, de alta tecnologia, mercado de ações, internet etc, você poderá ter uma vida confortável apenas com a venda de assinaturas de suas newsletters ou white papers. A parte difícil é: você tem que provar que é realmente um perito no campo que escolheu.

Cursos: Graças à internet, mais e mais pessoas estão dispostas a aprender assuntos diferentes sem saírem de sua mesa de trabalho, ou ainda no conforto de suas residências. Se você tem bastante conhecimento sobre um assunto particular, criar um curso on-line e comercializá-lo através da Internet é uma ótima opção.

Pesquisas e dados: Diversas bases de negócios em marketing, demográficas, vendas, etc. Você pode coletar os dados de várias fontes e vender os dados tabulados de suas próprias pesquisas on-line. Isso também requer bastante conhecimento de uma área de negócios específica, na verdade, é uma exigência.

Pesquisa e análise: As pessoas muitas vezes estão dispostas a pagar por pesquisa e análise de informações em seu próprio campo de atuação, porque, em geral, isso economiza seu próprio tempo. É por isso que sites que vendem a subscrição das ações executadas pelos usuários da internet estão prosperando tanto, assim como outras pesquisas.


Há um bom número de outras razões pelas quais você deve considerar a venda de informações na Internet.

 

3. Veja quais são as vantagens Tamanho da audiência:

 

Milhões de pessoas de todo o mundo estão navegando pela internet em qualquer momento. Seu produto de informação pode ser exposto a um número muito grande de potenciais compradores diariamente.

Fácil desenvolver: Produtos de informação, como relatórios e e-books são relativamente fáceis de criar, tudo que você precisa é: o conhecimento do campo, um pouco de determinação e tempo suficiente para gastar com ele.

De baixo custo:  Você pode criar e comercializar um relatório por  menos de 100 dólares, e pode tirar proveito das inúmeras ferramentas de marketing disponíveis gratuitamente na Internet.

Você pode trabalhar em tempo parcial: Este é um negócio que você pode começar gastando apenas algumas horas por dia, podendo ainda manter o seu emprego até se sentir confortável com o rendimento gerado através de seu empreendimento on-line.

Conduzir os negócios de qualquer lugar: A melhor coisa sobre este negócio, é que você pode fazê-lo de qualquer lugar, não estando mais confinado a uma região geográfica específica.

 

4. Desenvolvimento do produto


Durante o desenvolvimento de seu produto de informação, tenha em mente os seguintes aspectos:

• Este produto satisfaz uma necessidade ou é capaz resolver um problema?
• Há valor suficiente nele?
• É um produto melhor do que os outros disponíveis na Internet?
• É de fácil comercialização no segmento de mercado escolhido?

 

A última pergunta é muito importante, você deve agir com precisão, escolhendo um tema específico em seu segmento de mercado, ou seja, seu produto de informação deve ser claro por si só.

Uma vez que você terminou de desenvolvê-lo, inicialmente, tente vender seu produto através de qualquer site semelhante ao Clickbank, isto permitirá que você configure seu negócio on-line de forma bastante rápida, a venda de seus produtos é muito simples e você também poderá construir seu próprio programa de afiliados com enorme facilidade. Na verdade, os sites que oferecem este tipo de serviço costumam facilitar todas essas etapas.

Autor

Resultados patrocinados para: Negócios

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *