Plano de continuidade dos negócios e prioridade nas empresas

*Adriano Filadoro

 

Grande ou pequena, qualquer empresa decidida a ter sucesso deve garantir que seus dados e informações estejam protegidos da melhor forma possível. Caso a empresa já tenha se decidido por terceirizar o data center, é prioritário que essa empresa terceirizada tenha um plano de recuperação de desastres. Assim, ainda que ocorra qualquer incidente, a recuperação de todo patrimônio intelectual e estratégico do cliente estará assegurado. Caso contrário, a vida de todos se transformará em um pesadelo.

 

Não são poucos os empresários que julgam desnecessário contratar um serviço de DRP (Disaster Recovery Plan), ou seja, um plano de recuperação de desastres. Principalmente porque demanda tempo e investimento. Só que a perda das informações, quando acontece, tem um valor incalculável. No pior dos cenários, a empresa poderá abrir falência.

 

Nos últimos anos, temos visto inúmeras reações da natureza ao aquecimento global, resultando em inundações, incêndios, tremores de terra, invasão de pragas urbanas etc. Cidades mal administradas, então, sem pontos suficientes de escoamento de água, são as primeiras a ter suas casas e empresas alagadas. Isso sem mencionar os problemas de segurança, com assaltos que se multiplicam. Às vezes, os bandidos estão atrás de cabos e fios e acabam destruindo todo um patrimônio.

 

Em resumo, o plano de continuidade dos negócios analisa cada área da empresa e aponta, inclusive, os locais mais vulneráveis. É importante indicar onde é possível contar com um armazenamento seguro para instalar, se for o caso, o sistema de segurança das informações, facilitando o backup periódico.

 

Além desses incidentes, em tecnologia os desastres também dizem respeito à perda de dados por conta de espionagem interna, vírus, blackouts, e – muito importante – erros humanos. Imagine ficar sem uma máquina por mais de 10 dias. As perdas financeiras nunca serão totalmente repostas. Contratos podem ser rompidos, acordos não cumpridos, entregas não realizadas, podem ocorrer atrasos nos pagamentos de funcionários e fornecedores. . . Tudo por não se contar com um plano de continuidade de negócios que prevê recuperação de desastres.

 

Esses são alguns pesadelos que podem ser evitados quando a empresa prioriza a segurança das informações e do conhecimento gerado pelo seu capital humano. Portanto, na próxima reunião de diretoria, o empresário inteligente não deveria se esquecer de discutir propostas de terceirização de data center contemplando  um plano de continuidade dos negócios.

 

 

 

Resultados patrocinados para: Negócios

Você pode gostar...

4 Resultados

  1. julho 16, 2010

    Novo Artigo : Plano De Continuidade Dos Neg https://bit.ly/9DRFk9

  2. julho 16, 2010

    Novo Artigo : Plano De Continuidade Dos Neg https://bit.ly/9DRFk9

  3. julho 16, 2010

    Novo Artigo : Plano De Continuidade Dos Neg https://bit.ly/9DRFk9

  4. julho 17, 2010

    Plano De Continuidade Dos Neg: *Adriano Filadoro   Grande ou pequena, qualquer empresa decidida a ter sucesso deve… https://bit.ly/9vDU8C

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *